Um Brasil nota 5,5

Ontem a Folha de S. Paulo divulgou uma matéria com o seguinte título “Índice coloca o Brasil à frente de outros países do grupo Brics”. O texto é feito com base no Growth Environment Score, da Goldman Sachs, que mede a sustentabilidade do crescimento no longo prazo.

Procurei o trabalho completo na internet, mas não o encontrei. No entanto, com base na reportagem, é possível chegar a algumas conclusões.

Em um ranking cujas notas variam de 1 (desempenho fraco) a 10 (perspectiva positiva), o Brasil tem nota 5,5. Ou seja, apesar de liderarmos o grupo dos Brics, não estamos tão bem assim. Precisamos comer muito arroz com feijão para alcançarmos Cingapura, a primeira na classificação, com nota de 8,9.

O Growth Environment Score acompanha 180 países e é feito com base em 13 critérios, entre eles, inflação, taxa de investimento, expectativa de vida, corrupção, penetração de computadores e celulares. Em alguns, o Brasil parece ir muito bem (o país encerrou 2011 com 242,2 milhões de celulares, de acordo com a Anatel – 123,87 cel/100 hab), mas em outros… (ocupa o 73º lugar de 182 países no Índice de Percepção de Corrupção, à frente, no entanto, de China, 75º lugar, Índia, em 95º, e Rússia, em 173º – o que ajuda a explicar o fato de estar à frente entre os Brics).

This entry was posted in Pesquisa. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Se preferir, conecte-se com:

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>