Momento paparazzi do dia

Olha quem eu fui encontrar em Ipanema hoje: Glenda Kozlowski!

Fala verdade, paparazzi (quase) profissional…

Mas vou falar de algo ainda mais bacana. Reparou no veículo da Glenda?

É a bike Rio. Trata-se de uma proposta da prefeitura carioca de aluguel de bikes que visa tornar o transporte mais sustentável. A ideia é introduzir um meio de transporte não poluente que ajude a tirar as pessoas do sedentarismo, ao mesmo tempo que contribui para aliviar os engarrafamentos.

O projeto começou há pouco tempo (uns 6 meses) e já é um sucesso. Já conta com 60 estações e 600 bicicletas, distribuídas em toda a zona sul carioca. Para se ter uma ideia do potencial do projeto, o Rio tem mais de 200 Km entre ciclovias, ciclofaixas e faixas compartilhadas, ou seja, espaço para usar a magrela é que não falta.

Como funciona

O esquema para locação é bastante simples, tudo muito tecnológico, nada de vendedores ambulantes discriminando preços. A bicicleta é destravada via celular. Na estação das bikes basta telefonar para 4063-3111 e escolher uma opção de aluguel.

Opção 1: 5 reais durante 24 horas. Pelo celular precisa digitar o número do cartão de crédito, o mês e o ano de vencimento, bem como os três dígitos de segurança que ficam no verso para liberar a bike.

Opção 2: 20 reais pelo passe de um mês. Nesta opção é preciso preencher antes um cadastro neste site. Feito isso, o usuário retira a bicicleta no ponto desejado usando o celular.

Detalhe importante: nas duas opções, o aluguel dá direito ao uso ininterrupto da bike por no máximo 60 minutos. Passado esse tempo, deve-se ir até uma estação para devolver a bike e, somente após 15 minutos, retirá-la novamente. Respeitando este intervalo, a viagem pode ser retomada sem custo extra. Tem que ficar atento ao relógio, mas pode ficar tranquilo que existem muitas estações próximas das outras.

É, sem dúvida, uma proposta louvável que deu muito certo por aqui e certamente daria em outras cidades.

This entry was posted in Sustentabilidade. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *