Estudo mostra crescimento da classe média na América Latina

“Após décadas de estagnação, o tamanho da classe média na América Latina recentemente se expandiu a ponto de, pela primeira vez, o número de pessoas em situação de pobreza ser igual ao tamanho da classe média”, é o que conclui o relatório Economic Mobility and the Rise of the Latin American Middle Class, do Banco Mundial.

Segundo os autores do trabalho, para o caso da América Latina, existem quatro e não apenas três classes sociais. “Entre aqueles em situação de pobreza e a classe média há um grande grupo de pessoas que consegue sobreviver de modo adequado, mas não desfruta da seguridade econômica oferecida a um membro da classe média”, descrevem.

Para a The Economist, esse resultado é possível em virtude da combinação “excepcional” de três fatores: rápido crescimento econômico, baixa taxa de desemprego e queda da desigualdade de renda. “A renda per capita cresceu a uma taxa média anual de 2,2% na América Latina entre 2000 e 2010 (…) e a desigualdade de renda caiu, no mesmo período, em 12 dos 15 países para os quais há dados disponíveis”, complementa a revista.

Vídeo: Evolução da classe média na América Latina (Fonte: The Economist)

[brightcove vid=1958024090001&exp3=1425961410001&surl=http://c.brightcove.com/services&pubid=1153191510001&pk=AQ~~,AAABDH-R__E~,dB4S9tmhdOo20g03jDsDgNBGDcclfHEU&w=600&h=450]

This entry was posted in Desigualdade. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *