Skip to content

Oportunidades e desafios para a infraestrutura brasileira

agosto 12, 2010

Por Vinícios Poloni Sant’ Anna

Os investimentos em infraestrutura são muito importantes para o desenvolvimento de uma economia. Um país com melhor infraestrutura pode ser beneficiado em vários aspectos, desde um maior fluxo comercial com outros países, até a consolidação da integração regional.

No entanto, a infraestrutura brasileira apresenta-se relativamente defasada em comparação a outros países. Recentemente, por exemplo, um estudo da LCA Consultores constatou que a qualidade da infraestrutura brasileira é das piores do mundo. Para Braulio Borges, economista-chefe da LCA e autor do estudo, durante décadas, o Brasil deixou de investir em infraestrutura. A partir disso, o país foi acumulando gargalos que ainda interferem no estado atual da infraestrutura.

Apesar disso, o Brasil tem pela frente uma oportunidade única para os investimentos em infraestrutura. Além dos incentivos habituais, a futura realização de grandes eventos como a Copa do Mundo em 2014 e as Olimpíadas em 2016, assim como a descoberta do pré-sal, devem dar um impulso adicional aos investimentos na área.

Nesse contexto, a fim de fomentar a infraestrutura, o braço direito do governo brasileiro é o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). No entanto, a grande participação do Estado nos investimentos em infraestrutura está cercada de discussões. Essa forma de estimular o desenvolvimento da infraestrutura, enquanto é elogiada por alguns economistas, é criticada por outros.

Nos últimos anos, os investimentos em infraestrutura sofreram uma verdadeira arrancada, e nesse processo o BNDES merece destaque. Segundo dados do Ipea, nos primeiros cinco meses de 2010, o BNDES desembolsou R$ 46,1 bilhões em empréstimos, valor que correspondeu a uma alta de 41,0% sobre igual período do ano anterior. Deste total, 41% foram direcionados ao setor de infraestrutura.

Além disso, a própria capacidade de manter os investimentos em meio a recente crise de crédito tem conferido à estrutura do BNDES o interesse por parte de países desenvolvidos. Recentemente, por exemplo, um assessor do presidente Obama se mostrou muito interessado em saber como funcionava o BNDES. Para Luciano Coutinho, presidente do BNDES, o governo dos Estados Unidos possui uma dificuldade para implementar um programa que revitalize a infraestrutura do país. “Eles se ressentem de um banco de infraestrutura, um banco público”, disse Coutinho.

Por outro lado, a atuação do banco sofre várias críticas. Para alguns economistas, o BNDES estaria crescendo demais. Segundo um artigo da revista britânica The Economist, “Este ano, a expectativa é de que o banco financie 40% do investimento total do Brasil em infraestrutura e manufatura – uma parcela enorme”. Além disso, para muitos críticos, falta transparência ao banco.

Todavia, a crítica mais notória diz respeito à fonte dos fundos utilizados para os investimentos. O BNDES não dispõe de recursos próprios e depende a União. O Estado, por sua vez, carece de poupança e se utiliza da dívida pública para a captação dos recursos. No ano passado e neste ano, o Tesouro emprestou R$ 180 bilhões em títulos públicos ao BNDES para reforçar o capital da instituição financeira. Desta maneira, a principal questão levantada pelos críticos é até que ponto o Estado deve diminuir a participação nos investimentos em educação e saúde, em favor da infraestrutura.

Porém, entre críticas e elogios, encontramos a grande oportunidade de o Brasil se firmar como país capaz de enfrentar desafios e entrar de vez para o grupo das economias mais desenvolvidas do mundo. Parece que não estamos dispostos a perder esse desafio.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s