Skip to content

“Não sou especial. Eu estudo”

junho 10, 2011

Dejanir Silva tem nome, sobrenome e origem de gente humilde. Cresceu em Mauá, cidade operária na região metropolitana de São Paulo. Durante a infância e parte da adolescência, viveu com os pais, o irmão e uma tia em uma casa com apenas um quarto.

Aos 17 anos, meses antes de se formar numa escola pública de qualidade duvidosa, tirou zero num teste de matemática voltado para vestibulandos — e caminhava assim para ser mais um na multidão de jovens de classe média baixa que, embora formalmente educados, têm pouca ou nenhuma capacitação.

No próximo mês, o mesmo Silva, hoje com 27 anos, passa a fazer parte da elite acadêmica internacional. Já com o título de mestre em economia pela Universidade de São Paulo, onde também fez a graduação, ele se muda para Boston, nos Estados Unidos, para iniciar o doutorado no Massachusetts Institute of Technology (MIT), um dos mais emblemáticos centros de educação e pesquisa americanos.

Leia aqui a íntegra da reportagem. Quem me indicou foi Vanderson Rocha, um amigo de Dejanir.

4 Comentários leave one →
  1. Leandro permalink
    junho 10, 2011 4:06 pm

    Queria ser = a ele.
    parabéns!

  2. Thiago Letiet permalink
    junho 10, 2011 4:30 pm

    Nesses casos a gente vê a importância da educação na vida de uma pessoa. Dejanir sinônimo de determinação.
    Abraço Prosa!

  3. João H. Baldo permalink
    junho 11, 2011 1:58 am

    Fantástica a história.

Trackbacks

  1. Sua pesquisa na Prosa: uma conversa com Dejanir Silva « Prosa Econômica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s