Skip to content

Economist pisa na bola

junho 17, 2011

A The Economist me surpreendeu esta semana com uma matéria pra lá de curiosa. O raciocínio usado foi o seguinte: como a obesidade está aumentando nos EUA e os americanos estão dirigindo mais, a revista chegou à conclusão de que deixar de dirigir reduziria a obesidade, simples assim. Para justificar seu argumento, a revista cita um estudo que calculou que a porcentagem de obesos e  a quilometragem viajada por motorista têm correlação de 99,6%.

A pergunta que fica é: e daí? Correlação não garante causalidade.

Pior ainda, a revista constrói um segundo gráfico dizendo que já que a correlação é quase-perfeita e que a quilometragem por motorista diminuiu recentemente, então a previsão é de que a taxa de obesidade seja reduzida nos EUA. É, no mínimo, estranho.

Exemplos de correlação espúria existem de monte. Poderíamos pegar duas variáveis sem qualquer ligação como o consumo de café no Brasil e a obesidade nos EUA e encontrarmos uma linda correlação também:

Correlação espúria

Veja, a correlação é de 98,1% e isso não diz muita coisa. Não quer dizer que podemos ajudar os nossos companheiros americanos a ficarem mais magros reduzindo o nosso consumo de café.

Comentei outro dia aqui que minha pesquisa é sobre economia da obesidade, quando mencionei alguns papers de referência. Quem tiver interesse, especificamente estes artigos do Cawley e do Rashad  tratam com seriedade (com variáveis instrumentais) a questão das causas da obesidade.

6 Comentários leave one →
  1. Guilherme permalink
    junho 17, 2011 12:50 pm

    Que furo hein
    Pior é estar numa revista de economistas. gosto dos textos do Adriano pelo sentimento que o texto dele carrega, não tem como não ler!
    Abraço camaraadas

  2. junho 17, 2011 3:30 pm

    hehhhehe pisou feio na bola…… vou fazer um sacrificio esta tarde não vou tomar meu cafézinhoo.
    é pra uma “causa” nobre
    hihi

    • bruno v permalink
      junho 17, 2011 10:33 pm

      Topo tomar um chazinho contigo elaine!
      Otimo texto.

  3. Caio permalink
    junho 17, 2011 9:28 pm

    Realmente péssimo! Se ainda eles tivessem feito uma correlação inversa com quem usa meios de locomoção alternativos como bicicleta ou mesmo transporte público ainda ia né mas…

Trackbacks

  1. Uspianos loucos são poucos « Prosa Econômica
  2. Circo do Tio Rei « Prosa Econômica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s