Skip to content

Os ganhadores do Prêmio Nobel de Economia!

outubro 10, 2011

Thomas Sargent e Christopher Sims são os ganhadores do Prêmio Nobel de Economia 2011! O resultado saiu agora, há poucos minutos, ambos os economistas estavam na lista dos preferidos do bolão de Harvard que publiquei aqui ontem.

Apesar de Sargent e Sims terem realizado suas pesquisas de forma independente, suas contribuições são complementares em diversas maneiras. Os laureados deste ano têm pesquisas que buscam entender, por exemplo, o que acontece com as expectativas, com o PIB e a inflação quando há um aumento pontual na taxa de juros. Ou ainda, o que acontece se a autoridade monetária faz uma mudança permanente na meta de inflação.

Em síntese, eles desenvolveram métodos para responder a respeito da relação de causa e efeito em política econômica com diferentes variáveis macroeconômicas, como PIB, emprego, inflação e investimentos.

A pesquisa de Sargent usa séries temporais macroeconômicas e abriu um campo vasto para a pesquisa macroeconômica levando a novas descobertas sobre o funcionamento da política econômica. A análise de Sims, por sua vez, também teve um influência fenomenal, tanto na macroeconomia como em outros campos de pesquisa.

Thomas Sargent mostrou como a Macroeconometria estrutural pode ser usada para analisar as mudanças permanentes na política econômica. Este método pode ser aplicado para estudar as relações macroeconômicas, quando as famílias e as empresas ajustam suas expectativas ao mesmo tempo com a evolução econômica. Sargent examinou, por exemplo, o pós-Segunda Guerra Mundial, inicialmente, quando muitos países tenderam a implementar uma política de alta inflação, mas eventualmente foram introduzidas mudanças sistemáticas na política econômica e revertido para uma menor taxa de inflação.

O trecho acima foi traduzido diretamente do site do Prêmio Nobel. Sargent estudou os efeitos sistemáticos na política econômica através de modelos macroeconômicos estruturais e mostrou como estes poderiam ser construídos, resolvidos e estimados. Sua abordagem é útil na análise da política econômica, sendo usada também na macroeconometria e em outros campos da pesquisa em economia.

Trecho também retirado do site do Nobel:

Christopher Sims desenvolveu um método baseado nos chamados vetores autoregressivos para analisar como a economia é afetada por mudanças temporárias na política econômica e em outros fatores. Sims e outros pesquisadores aplicaram esse método para analisar, por exemplo, os efeitos de um aumento da taxa de juro estabelecida pelo banco central. Geralmente, leva um ou dois anos para a taxa de inflação diminuir, enquanto que o crescimento econômico diminui gradualmente já no curto prazo e não reverte para o seu desenvolvimento normal antes de alguns anos.

Os gráficos de Sims ilustram como um impulso na forma de um aumento na taxa de juro fixada pela autoridade monetária leva a respostas em variáveis macroeconômicas com os perfis temporais diferentes. São baseados na análise de modelos VAR com dados dos EUA do pós-guerra.

Foi graças às contribuições de Sargent e Sims que a pesquisa em macroeconomia e a análise da política econômica têm avançado bastante. É difícil imaginar a pesquisa em macro hoje sem essa base.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s