Skip to content

O déficit norte-americano: a culpa é dos democratas!

fevereiro 2, 2012

Não foram somente os cortes nos impostos feitos pelos republicanos que afetaram a dívida pública americana. Os democratas, que mesmo não tendo a Casa Branca em suas mãos na maior parte da última década, têm também culpa na explosão do endividamento dos Estados Unidos.

Democratas perderam espaço em Washington com a perda das eleições por Al Gore contra George W. Bush em 2000. Mas não por isso, os democratas perderam espaço na esfera estadual de governo. E, talvez por uma questão ideológica ou por uma questão de influência, os democratas foram responsáveis por reformas absurdas em planos de pensão e em salários de servidores públicos.  Os políticos democratas passaram a construir e reformar programas de pensão para servidores públicos com contratos do tipo “benefício definido”, o que significa que a variável fixa nos planos de pensão para os servidores não seria o quanto eles teriam que arrecadar para sua pensão e sim, o que eles vão receber no futuro. Isso é extremamente irresponsável, neste caso, pois os cálculos feitos para projetar os benefícios a receber dos pensionistas foram feitos com base em projeções ridiculamente otimistas acerca da economia americana.

Planos como o do estado do Illinois, aonde policiais e bombeiros podem se aposentar aos 50 anos ganhando 75% do seu salário!! Os cálculos feitos por estes planos com certeza não levaram em conta a possibilidade de uma crise como a de 2008, que levou a uma redução de 9% da arrecadação de impostos em nível estadual e municipal nos Estados Unidos, sendo assim, irresponsável. Cálculos feitos pelo Pew Center on the States, centro de pesquisa nas finanças estaduais norte-americano, mostram que os estados miram um horizonte de pagamentos de quase 1 trilhão de dólares que não possuem como pagar! E mais, este estudo foi feito antes de 2008.

O único motivo que justifica a criação destes planos de pensão pelos democratas é o fato de que eles geraram uma nuvem de influência extremamente positiva para o partido.  Na campanha democrata de 2008, o National Education Association (maior sindicato de professores dos Estados Unidos) doou 3,4 milhões de dólares para campanhas políticas, sendo 92% destes para candidatos democratas! Quanto maior fosse o apoio dado por democratas para os sindicatos, maiores se tornavam as doações de campanha. Hoje, vemos os governadores republicanos eleitos nos estados de Ohio e Wisconsin sofrer com greves monumentais de sindicatos contra o esforço destes para cortar planos de pensão e de benefícios extremamente irreais e que levariam os seus respectivos estados à falência.

É hora, então, de unirmos forças para mudar ambos os partidos.

Leia também: “O déficit norte-americano: a culpa é dos republicanos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s