Skip to content

Morumbi versus Pacaembu, uma questão apenas de rivalidade?

junho 26, 2012

Pacaembu e Morumbi – Imagem: Revista Placar

Não é de hoje que surgem alfinetadas entre cartolas corinthianos e são paulinos quando o assunto é estádio. Há algum tempo, o então mandatário corinthiano, Andrés Sanchez, afirmou que o time só jogaria no Morumbi quando o São Paulo fosse mandante de campo, posicionamento este que tem sido mantido por Mário Gobbi, atual presidente. Mas será que somente a rivalidade é capaz de explicar esse posicionamento?

De acordo com informações do site do São Paulo F.C., o Morumbi possui capacidade para 72.809 pessoas, quase o dobro de lugares existentes no Pacaembu (37.952 espectadores sentados). Do ponto de vista econômico, não seria vantajoso para o Corinthians jogar no estádio adversário lotado? Não necessariamente…

Suponhamos que Mário Gobbi tenha lido aqui na Prosa Econômica que os clubes brasileiros estavam operando na parte inelástica da curva de demanda, de modo que seria vantajoso vender menos ingressos e, por isso, a escolha pelo Pacaembu para a final da Libertadores. Seria um argumento econômico bastante plausível, não fossem os outros ingredientes dessa disputa.

Pela semifinal contra o Santos, os ingressos começaram a ser vendidos por R$ 50, mesmo preço praticado pelo clube nos jogos anteriores. Conforme informações do site do Corinthians: “em apenas oito minutos, as entradas para Arquibancada, Tobogã, Portão 21 e Setor VIP se esgotaram”. Não é preciso nem dizer que há uma clara sinalização de mercado.

Se para a final forem mantidos os mesmos preços praticados até aqui durante a competição, será que o Corinthians maximizará lucros ao preterir o Morumbi? Quanto o “torcedor mediano” estaria disposto a pagar para assistir a essa final inédita no estádio? A R$ 50 (se realmente for esse o preço mínimo do ingresso contra o Boca), a equipe do Parque São Jorge não jogaria com casa cheia também no Morumbi?

Embora não conheçamos a curva de demanda da torcida corinthiana por ingressos para essa final, ao optar pelo Pacaembu muito provavelmente o clube não estará maximizando lucro.

One Comment leave one →
  1. Antônio Galdiano permalink
    junho 26, 2012 12:41 pm

    Liga pra isso não Jorge. Logo, logo os cartolas e políticos estarão maximizando os lucros no itaquerão subsidiado com o dinheiro dos outros. Talvez até chegue a compensar 5% dos outros estádios construídos para a demanda de um único evento (verdadeiros elefantes brancos), a Copa.
    Boa sorte para o corinthians, mas desejo ainda melhor sorte ao meu bolso…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s