Skip to content

Vida inteligente no Twitter: os mandamentos do Prof. Robert Reich

novembro 19, 2012

Sim, existe vida inteligente nas redes sociais. Basta procurar. Robert Reich, por exemplo, é um famoso professor de Berkeley e, pelo que deu para perceber, não larga do Twitter. Separei hoje alguns dos seus épicos pensamentos (ou até mandamentos, pela forma como ele os escreve):

Lá também encontrei esses memoráveis tweets:

A reação dos internautas após a publicação destes tweets foi bastante diversa. Clicando aqui vc verá todas. Certamente Reich tem bons argumentos para sustentar essas afirmações. Mas, é claro que em se tratando de análise normativa, há possibilidade de refutarmos alguns dos seus argumentos.

Por exemplo, no último tweet Reich toma como dado que os custos com health care (assistência médica) estão desacelerando. Hum, não sei não. Sabe-se que nos últimos dois anos os custos com health care cresceram um pouco menos, mas, agora já se suspeita que eles tenham voltado a acelerar (aqui há uma matéria com um gráfico bastante ilustrativo). Isso se baseia no fato de que a recente desaceleração dos gastos com saúde pode ter sido um resultado temporário da recessão, em vez de uma mudança permanente, como era esperado. Na matéria, o diretor do Health Care Cost Institute resume bem a questão: “We just don’t know”.

Saiu nos últimos dias um relatório (pdf) do congresso americano que em vários trechos solta novos alarmes quanto aos custos com health care. A situação fica pior quando olhamos a figura abaixo:

O que estes três gráficos tem a nos dizer? É no health care que está a grande preocupação. Gastos com segurança social deverão aumentar, mas não rapidamente. Gastos em todo o resto estão caindo. Portanto, é na saúde que está a maioria dos problemas de déficit futuros.

Bom, não quero me estender mais, a quem interessar na página 9 do referido relatório há outro gráfico com uma projeção alarmante para a próxima década, quando é projetado que o custo dos principais programas sociais ultrapasse as receitas. Não é de duvidar também, que o Prof. Reich elabore algum mandamento que coloque em dúvida essas projeções.

O assunto é bem interessante (e controverso) mas o mais legal de tudo é ver a discussão animada em pleno Twitter.

________________________________

P.S: Após várias tentativas, consegui conversar hoje com o prof. Robert Reich. Confira amanhã aqui na Prosa a resposta de Robert Reich nesse mesmo bat-horário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s