Skip to content

O IDH real

março 15, 2013

Vejo alguns jornalistas celebrando a 85ª posição brasileira no IDH — a mesma desde o levantamento de 2007. Pelo o que entendi, toda a euforia é com base na evolução do índice nos últimos 20 anos, uma análise um pouco mais minuciosa do relatório (pdf) revela, no entanto, que nos anos mais recentes as melhorias desaceleraram. Se serve de exemplo, apesar de “todos os avanços” ainda estamos pau a pau com a Jamaica (também na 85ª posição).

Esse empate no entanto pode ser rapidamente desfeito olhando para outro índice. O PNUD sugere que qualquer comparação considere também a desigualdade de cada país. É bom checarmos então como se comporta o IDH ajustado à Desigualdade (IDHAD), chamado pelo programa como o “índice real de desenvolvimento” (comentado aqui). Vejamos:

IDH
Em resumo, o IDH brasileiro é 0,730. Mas levando em conta a desigualdade o IDH cai para 0,531, uma perda de cerca de 27,2% ao colocar nos cálculos a desigualdade na distribuição dos índices. Queda decorrente de perdas de 14,4% no índice de expectativa de vida, 25,3% no índice de educação e 39,7% no índice de rendimento. Note, portanto, que colocando a desigualdade em jogo, o Brasil perde 12 posições no ranking, e a Jamaica… ganha duas.

One Comment leave one →
  1. mariana permalink
    setembro 3, 2013 10:43 am

    mi ajudou um pouco deveria ter mais informaçoes
    fica a dica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s