Skip to content

Há espaço para novos partidos políticos no Brasil?

maio 3, 2013

O Brasil conta hoje com 30 partidos políticos, segundo o TSE. Haveria espaço para a entrada de novas agremiações?

Esse assunto ganhou destaque recentemente no Brasil com a polêmica entre o Legislativo Brasileiro e o Supremo Tribunal Federal sobre o projeto de Lei que dificulta a criação de novos partidos políticos no país (aqui e aqui).

Encontrei algo bastante interessante sobre o assunto no livro An Economic Theory of Democracy, de Anthony Downs. Segundo o autor: “a distribuição numérica de eleitores ao longo da escala política determina, em grande medida, que tipo de democracia se desenvolverá”.

O autor desenvolve um modelo teórico para explicar como, de um jogo de interesses entre eleitores e políticos, ambos trabalham para a manutenção da democracia. Trata-se de um modelo que simplifica a realidade e não necessariamente se aplica ao caso brasileiro. No entanto, lança uma hipótese plausível para explicar a quantidade de partidos políticos existentes no país.

De acordo com Downs, se tivermos uma distribuição dos eleitores que se aproxime de uma normal, um sistema bipartidário seria mais provável.

eleitores economia 1

Mas se tivermos uma distribuição dos eleitores em uma escala ideológica que se pareça com a figura abaixo, haverá espaço para a criação de mais partidos.

eleitores economia 2

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s