Skip to content

ANPEC: 5 Dicas gerais

março 30, 2015

Faz algum tempo que venho ensaiando de escrever algo neste sentido. Começo hoje uma curta série de posts com o objetivo de ajudar quem está estudando para a ANPEC.

Algumas dicas gerais:

(i) certifique-se que você quer mesmo entrar no mestrado. Não há coisa pior que a indecisão. Converse com quem está cursando o mestrado para se decidir. Se o objetivo for ingressar num centro concorrido aí a dica é abandonar todo o resto: trabalho, trainee, intercâmbio, concurso, encontros da liga da família…

(ii) administre o seu tempo. Mesmo para quem está focado na prova, o tempo voa, já que cada matéria tem muito conteúdo. Os cursos de graduação nem sempre abordam 100% do que cai no Exame. Tem coisa que será necessário reservar um tempo e aprender sozinho. Nos assuntos que você tiver mais familiaridade, a dica é rever rapidamente a teoria, fazer um breve resumo e focar nos exercícios.

(iii) exercícios. Só fazendo os exercícios de anos anteriores para adquirir a velocidade que a prova requer. Além disso, a ANPEC é uma prova repleta de pegadinhas. O lado bom é que cada vez mais elas estão ficando mais manjadas para quem conhece as questões antigas. Portanto, quanto mais exercícios fizer, melhor. Ao terminar as questões de um assunto, sugiro fazer um breve resumo com os principais pontos.

(iv) revise sistematicamente. Estipule um horário por semana só para revisar os resumos e rever os exercícios feitos. Isto é muito importante. Geralmente, não estamos habituados a revisar já que as provas de graduação são periódicas e não-cumulativas. Lembre que agora você vai fazer uma prova que acumula o conteúdo de 5 anos.

(v) aprenda com os erros. Não desanime se após gastar um bom tempo numa questão, descobrir que seu número de erros foi maior que o de acertos e seu saldo foi negativo. Veja como um sinal: talvez você esteja respondendo sem ter certeza. A ANPEC adora desafiar o senso comum, deixar um item em branco pode ser uma estratégia melhor do que fazer um “chute educado”.

É isto. Evidentemente, colocar em prática é sempre a parte mais complicada. Mas, com dedicação e persistência é possível.

Nos próximos posts, cito algumas referências de livros para cada matéria. Incentivo que quem já fez as provas também compartilhe suas indicações.

One Comment leave one →
  1. José A. permalink
    março 31, 2015 4:49 pm

    Dica (i) é, de longe, a mais importante. Já tive muito ex-aluno ótimo que não foi bem no exame por falta de foco.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s